Revista Sintidus

Atividades

No dia 17 de maio 2017 às 16 horas foi realizado um workshop de Escrita na Comunicação em Ciência:

Concurso de ilustração, arranjo gráfico e logotipo

A Sintidus, revista de estudos científico e interdisciplinares da Universidade Lusófona da Guiné, vem anunciar um concurso de design gráfico e de ilustração para a capa do seu primeiro número. Os trabalhos submetidos a concurso terão de incluir três componentes: (i) proposta de logotipo, (ii) arranjo gráfico da capa (lombada e contracapa opcionais) e (iii) ilustração do primeiro número. Abaixo encontra-se mais informação sobre as condições para entrega dos trabalhos e regulamento. O prazo limite para entrega dos trabalhos é dia 28 de Fevereiro de 2017. O trabalho vencedor (logotipo, arranjo gráfico, ilustração) será a capa do primeiro número da Sintidus. O logotipo e arranjo gráfico do trabalho vencedor serão mantidos nos números seguintes da Sintidus. O prémio do trabalho vencedor é de 100,000 xof e dois outros trabalhos receberão uma menção honrosa de 25,000 xof cada um. Em caso de empate será dada prioridade a autores guineenses residentes no país ou na diáspora.

Condições para entrega dos trabalhos:

Os trabalhos deverão ser adequados a uma revista de formato A4. Cada trabalho pode ser entregue em formato pdf, resolução mínima de 300 dpi, ou em suporte papel. No caso de ser entregue em suporte papel a comissão organizadora digitalizará o trabalho e enviará ao júri do concurso. O logotipo deverá incluir as seguintes palavras:

sintidus
revista de estudos científicos e interdisciplinares

O artista é livre de mudar a capitalização das letras, tamanho e tipo de letra. Opcionalmente o artista pode submeter também o arranjo gráfico da lombada e da contracapa. Caso o trabalho vencedor não tenha entregue proposta para lombada e contracapa a comissão organizadora utilizará os elementos necessários para tornar o arranjo gráfico da lombada e contracapa coerentes com a capa. O logotipo e arranjo gráfico deverão ser pensados de forma a tornarem-se elementos identitários da Sintidus. Quanto à ilustração, a proposta artística deverá adequar-se ao tema do primeiro número que será “Integrar o passado, pensar o presente, perpectivar o futuro”. A ilustração da capa do primeiro número não será mantida nos números que se seguirão.
Serão apenas aceites trabalhos que não tenham sido publicados anteriormente e que não contenham elementos publicados noutro lado. São elegíveis trabalhos de autores de todas as idades e nacionalidades sendo que em caso de empate será dada prioridade a autores guineenses. Para este efeito os autores guineenses terão de enviar comprovativo de nacionalidade. Cada participante pode concorrer com até três trabalhos e enviá-lo(s) acompanhando-o(s) com o nome completo, nome artístico (opcional) e e-mail ou telefone pessoais para o endereço de e-mail sintidus.revista@gmail.com ou via we tranfer (https://wetransfer.com/). Os trabalhos podem ainda ser entregues no espaço físico da Universidade Lusófona da Guiné: Serviços académicos, Edifício Principal, 2º piso, ao cuidado de Dr Selma Brezavscek. A organização acusará a recepção dos trabalhos por email para os candidatos que disponibilizarem o seu email. A organização não se responsabiliza por qualquer anomalia informática.
Os membros que vão integrar o júri serão anunciados brevemente. Os trabalhos serão analisados através de quatro critérios: estética, inovação, comunicabilidade e adequação.

Membros do Júri:

Stampa Isabella Espinosa | arquiteta paisagista, ilustradora
Arquiteta paisagista, vive desde 2007 na Guiné-Bissau. Começou a trabalhar como consultora gráfica em 2011 especializando-se no domínio do território, cultura e línguas/linguagem da Guiné-Bissau. Na Guiné-Bissau trabalhou com ONGs nacionais e internacionais ligadas ao desenvolvimento rural, ensino básico, sensibilização, comercialização e marketing de produtos locais.

Ismael Djata | pintor, ilustrador, poeta
Percurso profissional iniciado na Guiné-Bissau. Aos 6 anos foi a sua primeira aparição em público. Ausentou-se do país durante vários anos, andou pelo mundo mostrando o seu trabalho artístico sobre a cultura guineense. Recebeu vários prémios e congratulações. Tem experiência na ilustração e pintura. Tem várias ilustrações publicadas em livro, banda-desenhada e logotipos. Além disso, é poeta, escritor e licenciado em tecnologias e sistemas de informação.

Ana Miranda | técnica de Comunicação
Formada em Ciências da Comunicação, mestre em Ciências da Educação com especialização em educação de adultos e intervenção comunitária. Experiência no desenvolvimento e implementação de programas de comunicação, desenvolvimento de diferentes produtos de comunicação e a sua difusão em diferentes meios de comunicação. Tem desenvolvido funções de técnica de comunicação no âmbito de ONGD e Nações Unidas na Guiné-Bissau.

Selma Brezavscek | economista
É ecomomista de profissão a viver na Guiné Bissau desde 1994. Trabalha na Universidade Lusófona da Guiné desde 2004 como responsável dos Serviços Académicos. Leccionou a cadeira de Introdução à Economia no curso de Administração e Gestão de Empresas.

João Roxo | designer gráfico
Estudou arte, design e comunicação visual em Portugal e Espanha antes de voltar para Moçambique para trabalhar como designer gráfico e director criativo, desenvolvendo alguma experiência em design editorial e gráfico, artes gráficas, tipografia, fotografia e cinema. Em 2012, foi co-fundador da Anima, primeiro estúdio criativo Moçambicano a focalizar-se em comunicação para as artes, cultura e desenvolvimento social. Ensinou arte e design no Instituto Superior de Arte e Cultura. Finalizou o Mestrado em design e estratégias visuais no Sandberg Instituut em Amesterdão, mantendo a sua prática profissional como base de pesquisa e implementação em Maputo.

Publicação dos trabalhos vencedores :

Após a compilação das apreciações dos membros do júri, a organização do concurso e a administração da Universidade Lusófona da Guiné vêm por este meio anunciar a atribuição de um primeiro prémio e de uma menção honrosa. Não foi possível atribuir uma segunda menção honrosa, pois considerou-se não haver um terceiro trabalho que se destacasse dos restantes.

O primeiro prémio foi atribuído a Nadim Jessiro Nosoliny Soares. A menção honrosa foi atribuída a Cláudio António da Silva Rumal.

Os prémios serão atribuídos dia 17 de Maio de 2017.
Todas as dúvidas relativamente ao concurso poderão ser enviadas para sintidus.revista@gmail.com